Notícia

CIDADANIA RUTGERS destaque na RU-WAKE UP TV RUTGERS

19 abr 2012 - sem comentários. Postado por em Cidadania Rutgers , Notícias .

Anastasia Mann, diretor do EPID, falou em uma entrevista sobre Cidadania Rutgers em 19 de abril de 2012, em Wake Up RU TV do programa de Rutgers.

Entrevista 12:45 minutos acontece dentro

Nota: Se o vídeo não funcionar, visite http://rutv.rutgers.edu/programming-channels/wake-rutgers e encontrar a 19 abr 2012 vídeo.

Visitando Sacerdote mexicano diz aos alunos de Rutgers sobre os perigos que enfrentam os jovens migrantes

27 de fevereiro de 2012 - sem comentários. Postado por em Notícias .

IMG_0310

Na foto (da esquerda para a direita) são Tim Shenk (intérprete), Amelia (voluntário com Hermanos en el Camino), Padre Alejandro Solalinde (padre católico e fundador da Hermanos en el Camino), Janice Fine (Professor Associado, Trabalho e Educação e Faculdade Diretor, EPID), e Jacinto Miller (Research Associate, EPID).

Na quinta, 16 de fevereiro, EPID e parceiros hospedado Padre Alejandro Solalinde, um padre católico que trabalha em Ciudad Ixtepec México. Padre Alejandro está visitando os Estados Unidos para aumentar a conscientização sobre a situação dos migrantes da América Latina. Segundo o Comitê Nacional de Direitos Humanos do México (CNDH) mais de 11.000 imigrantes foram sequestrados no México, em um período de seis meses em 2010.


Padre Alejandro Solalinde

Padre Alejandro Solalinde leva a uma pergunta da platéia



Padre Alejandro estabelecido Hermanos en el Camino (Irmãos no Caminho), um de uma rede de organizações sem fins lucrativos que fornece abrigo a migrantes centro-americanos, muitos da Guatemala e Honduras, em rota para os EUA. No Hermanos en el Camino migrantes recebem remédios, roupas e alimentos. Os funcionários também documentar nomes dos viajantes e dos seus familiares. Dessa forma, quando os migrantes desaparecem, as suas famílias pode ser contactado. Padre Alejandro descreveu como migrantes adolescentes fazendo a sua viagem para o norte são frequentemente vítimas de tortura, estupro, trabalho forçado e seqüestro. A maioria nunca, disse ele, chegam ao seu destino.

Em um momento muito comovente, uma mulher de El Salvador compartilhavam uma conta pessoal que reforçou a mensagem do Padre sobre a face migrantes perigos. O residente de New Brunswick descreveu as circunstâncias que rodearam o desaparecimento de seu irmão de 22 anos. Contactado há dois anos por sequestradores, que exigiam milhares de dólares de resgate por seu retorno seguro, ela enviou um inicial de R $ 2.000. Visto pela última vez em Chiapas, seu irmão continua desaparecido. Ela ecoou em outros agradecendo Padre Alejandro pelo seu trabalho e disse que ela permanece esperançoso de que um dia ela vai se reunir com seu irmão.


Os alunos do Centro de Educação Trabalho ouvindo Padre Alejandro Solalinde de Hermanos en el Camino, uma autoridade em abusos dos direitos humanos no sul do México

Cerca de 350 estudantes dos Professores Janice Fine (Estudos do Trabalho) Guarnaccia Peter (Instituto de Saúde, Política de Saúde e Pesquisas sobre o Envelhecimento), Magaña Rocío (Antropologia), Bensman David (SMLR) e Russo Anahi (WGS) assistiram a palestra, que foi realizada na Rutgers Trabalho Center.

Leitura complementar:
Para saber mais sobre o Padre Alejandro Solalinde e sua obra, ver:
Inglês: http://www.amnesty.ca/atrisk/index.php/father-alejandro-solalinde/
Espanhol: http://www.es.amnesty.org/actua/acciones/mexico-padre-solalinde-peligro/

Programa de Eagleton sobre Imigração e Democracia hospeda programas periódicos como este.

Para receber informações sobre eventos futuros, junte-se seguir o nosso feed RSS .

EXTRA, EXTRA!

20 de janeiro de 2012 - sem comentários. Postado por em Notícias .


13 de dezembro, 2011
O Livro de Estilo do NYT Gotas Uso do termo "ilegais" para descrever imigrantes sem estatuto legal.

Op-Ed colunista Bill Keller respondeu aos comentários relacionados ao uso de uso do NYT do termo "ilegais". Keller anunciou a mudança depois que cartas choveram de leitores ofendidos. Uma troca com Phil Corbett B. que supervisiona questões linguísticas para a redação seguido.

Leitores de todo o país se opôs ao uso do termo. Segundo o professor Michael A. Olivas da Lei Houston Center, um dos maiores especialistas nacionais em matéria de lei de imigração que compartilharam seus pontos de vista com Keller, "a linguagem utilizada no discurso isso conta, e as pessoas não pode ser ilegal. Suas ações podem ser, ou as ações de seus pais pode ser, mas não pode ser ilegal. ["Ilegais"] não se justifica em qualquer sentido dos usos criminológico, lingüísticas ou cultural do termo. "

Um link para o blog de ​​Keller no NYT explicando o motivo da mudança, é aqui .

Próximos Eventos

  1. Abril
    30
    Seg

    1. Imigração Curso de Formação Direito
Ver o Calendário »

Tradutor

Fale Conosco